______________________________________

.

.

.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cafayate a Santiago del Estero - Argentina

Cafayate a Santiago del Estero

Entrada/saída do Residencial Shalom
Depois do café da manhã (desayuno continental), seguimos até Tafi del Valle, passando por dezenas de Bodegas, com seus parreirais carregados. A vontade de colher alguns cachos de uva foi grande, mas resistimos bravamente!!!
Vinículas da região

Bodega El Esteco - região de Cafayate


Vista do vale - lá embaixo, a cidadezinha!

Subimos a serrania, já na Província de Tucumán, chegando a Tafí del Valle ao meio-dia!

Hotel da rede ACA, em Tafí del Valle - Jardim de margaridas!
Passeamos rapidamente pela cidade, efetuando umas comprinhas e comendo umas empanadas de frango (só pra variar um pouquinho). Fomos abordados por um vendedor de sucos muito incisivo, cujo nome era Marcos. Depois de muita brincadeira, acabamos comprando o suco dele.


Mais empanadas

Experimentando o suco do Marquito
 Conhecemos alguns moradores da região que já vieram ao Brasil e que nos convidaram a ficar em sua casa da próxima vez!!! A hospitalidade argentina foi muito grande durante essa viagem! Conhecemos muitas pessoas bacanas e comunicativas! É bom fazer amigos!

Descendo a serra para San Miguel de Tucumán

Descida parecida com a Serra do Mar, no Brasil
  
Rio Dulce - Termas de Rio Hondo - província de Santiago del Estero
Como o nosso tempo de viagem estava se esgotando, acabamos não passando por San Miguel de Tucumán desta vez... indo diretamente até Santiago del Estero. Pela ruta 9, 68 km antes de nosso destino, demos uma paradinha  nas famosas Termas de Rio Hondo, um balneário termal junto ao rio Dulce. Há uma boa estrutura no local, com muitos hotéis e alojamentos.
No final do séc XIX, Termas de Rio Hondo era apenas um pequeno pueblo com algumas casas de adobe. Em 1884, com a construção do primeiro hotel turístico passou a se desenvolver, até que em meados de 1960 foi contruído seu dique Frontal, que produziu um lago artificial de 33000 ha, onde se pode praticar pesca desportiva e outros esportes náuticos, além de tomar banho.
Suas águas medicinais são utilizadas por muitas pessoas para o tratamento de problemas reumáticos em geral, além das propriedades radioativas de suas águas que são utilizadas no tratamento contra o paludismo, reumatismo, artrites e uma gama de outras doenças.

Indo em direção à chuva... parecendo-se mais com um dilúvio
Saindo das termas, fomos em direção à chuva, chegando em Santiago no entardecer.
A cidade é uma das mais antigas da Argentina, conhecida como "Ciudad Madre de Ciudades", por ter sido a capital de onde  partiram as correntes colonizadoras que fundaram numerosas cidades na região.
Ela foi fundada por Francisco Aguirre, em 25 de julho de 1553. Seu nome  foi dado pelo seu fundador, em função dos banhados - esteros - que haviam no lugar.   
Apesar de toda a importância da cidade e de ser a capital da província, sua infra-estrutura não é muito grande e tivemos um pouco de dificuldade em achar hotel na cidade.   

Hotel Centro

Jantar no Mia Mamma
O recepcionista do hotel nos indicou para jantarmos no restaurante Mia Mamma... muito gostoso, apesar do atendimento ter sido meio relaxado!
Chuva na saída do restaurante

Esperando a chuva passar!

                           

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO