______________________________________

.

.

.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Teresina - Capital do Piauí

Dia 07 e 08/jan/2016
Nosso acampamento na Serra das Confusões (PI) - Centro de Atendimento ao Turista
Acordamos cedo, com o raiar do dia, pra variar, pois na barraca já com os primeiros raios do sol a claridade nos desperta. Isso é muito bom, pois aproveitamos a parte mais fresca do dia para realizarmos nossas tarefas e passeios!
Retornamos até a cidade onde encontramos o Abílio e o Aguinaldo e nos despedimos, aproveitando para pegar o número do telefone do nosso guia. Abílio: (89)98135-9720 e Aguinaldo: (89) 98107-5420
Nosso espaço em Teresina, cedido gentilmente pelo A.J. e sua esposa, Helaine
Nosso destino de hoje é chegarmos à capital do estado, Teresina, distante 600 km da Serra das Confusões e conhecer seus principais pontos turísticos. Por intermédio do irmão Luiz Santoro, Abutre, conseguimos contato com um amigo dele, Antônio João, mais conhecido por A.J., morador de Teresina, cuja esposa Helaine nos recebeu muito bem, oferecendo um espaço de festas para que pudéssemos nos acomodar. O local foi perfeito, pois o Garça e a barraca ficaram abrigados da chuva que assolou a cidade durante estes dois dias que ficamos na cidade. Usamos o espaço como nossa casa, cozinhamos, banho de chuveiro no quintal, uma diversão total!! Como se não bastasse a gentileza de nos receber, sem nos conhecer, ainda nos emprestou um carro deles para que pudéssemos rodar livremente pela cidade, sem precisar desarmar a barraca. Gente assim é difícil encontrar e somos eternamente gratos aos amigos Helaine e A.J pela hospitalidade e amizade!!
Igreja de São Benedito (1874 -1886)
Palácio Karnak - sede do governo do Estado do Piauí; arquitetura clássica e
nome inspirado em templo que existiu no Antigo Egito 
Para quem acha que Teresina não tem nada pra conhecer, é porque nunca vieram pra cá e não procuraram conhecer a capital do Piauí! A cidade oferece muitas opções e nós não conseguimos ver tudo dessa vez. Recomendamos ver aqui na cidade: Igreja de São Benedito, Palácio Karnak (Palácio do Governo do Estado), Central de Artesanato Mestre Dezinho, todos nos centro, muito próximos uns dos outros.
Theatro 4 de Setembro: o maior e mais popular teatro da cidade

Este Centro de Artesanato Mestre Dezinho (homenagem ao Mestre Dezinho Valença, morto em 2000 e importante artesão)  foi por muitos anos sede da Polícia Militar durante o período da ditadura militar. Hoje abriga 25 lojas de artesanato, onde se pode encontrar o que há de melhor em cerâmicas, trabalho com fibras naturais e couro, além de contar com inúmeras opções de lembrancinhas. Percorrendo as inúmeras lojinhas, nos deparamos com um cidadão, interessantíssimo, chamado Antônio Carlos que nos contou por horas as histórias ocorridas naquele prédio e que interferem diretamente na vida de nosso país, atualmente.
Ateliê do artesão Antônio Carlos e a sala/porão de torturas utilizada na época da ditadura militar
"Sala de meditação, massagem e aconselhamento"
Ainda são encontradas marcas de sangue nas paredes!
Após muita conversa sobre políticas públicas e algumas intercorrências atuais, nos despedimos analisando sobre tudo o que foi visto e falado...
Ponte Estaiada do Sesquicentenário Mestre João Isidoro França foi projetada para as comemorações dos 150 anos de Teresina, no estado brasileiro do Piauí. Inaugurada em março de 2010, é um dos mais importantes pontos turísticos da capital piauiense.


Dali seguimos até a Ponte Estaiada, ao lado do Rio Poti, com sua torre de 100 m de altura e de onde se pode avistar toda a cidade em 360°.
Vista superior do mirante da Ponte Estaiada, a 100 m de altura


Já na parte da tarde, seguimos até o Parque Ambiental Encontro dos Rios, em Poti Velho, onde petiscamos manjubas fritas (R$ 16,00) num restaurante barco e tomamos cajuína (bebida típica feita a base de caju).
Teresina é conhecida como a "Mesopotâmia das Américas", justamente por estar entre dois rios, como a antiga Mesopotâmia que ficava localizada entre os rios Tigre e Eufrates (atual Iraque).
No Centro de Informação ao Turista do Parque do Encontro dos Rios (Poti e Parnaíba) fomos bem atendidos, um contraste em relação aos outros centros visitados (Ponte Estaiada e Central de Artesanato onde não havia ninguém) e pegamos farto material da cidade, com guias específicos para hospedagem, alimentação, comércio e prédios históricos.
Rio Poti


Degustando manjubinhas fritas com vista para o encontro dos rios
Encontro dos rios Poti e Parnaíba
Cajuína - bebida típica do Piauí
A 5 minutos dali fica o Polo Cerâmico Poty Velho, onde há artesanato farto em barro e cerâmicas. Há muitos outros locais a serem visitados em Teresina: Casa da Cultura de Teresina, Mercado Municipal de Teresina, Parque da Cidade, Floresta Fóssil (às margens do Rio Poti), Museu do Boi, Museu do Piauí e que deixaremos pra conhecer na nossa visita à cidade.

Teresina é a única capital de estado do Nordeste que não é litorânea e seu nome é uma homenagem a imperatriz Tereza Cristina Maria de Bourbon  que teria intermediado junto ao imperador D. Pedro II a mudança da capital do estado para cá. Atualmente conta com, aproximadamente, 850 mil habitantes e a capital do estado do Piauí tem suas raízes na Barra do Poti e data de 1760, onde já havia uma pequena vila de pescadores, construtores de barcos e plantadores de fumo e mandioca. Sua história está ligada ao Rio Parnaíba, principal porto de escoamento econômico da época.

Visitando a capital do Piauí com o carro do amigo A.J. - Obrigado!!!
Retornamos para casa, passando pelo mercado para comprarmos o que faltava para o almoço.
Chegamos a casa antes da chuva, que caiu intensamente durante a noite toda. Quem disse que no nordeste não chove!!! Acho que nós é que trouxemos a chuva do sul para cá!!! hehehehehe... Desta vez, não tivemos problemas na desmontagem da barraca, visto que estava abrigada debaixo de um grande telhado. 
Nos despedindo da Helaine e de Teresina - Queremos voltar um dia!!

3 comentários:

  1. Não tem o que agradecer, sejam bem vindos sempre a nossa cidade, e sempre que precisarem nosso cantinho estará disponível para acolhe-los. Foi um prazer conhece-lo. Voltem sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigos Helaine e A.J. !!! Vocês são 1000!!!

      Excluir
  2. Sabia que este encontro seria feliz !
    Pena que o AJ não estava ... fica para um próxima na minha presença rsrsrs
    bjs

    ResponderExcluir

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO