______________________________________

.

.

.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Delta do Parnaíba - Tutóia (Maranhão)

Dia 10/jan/2016
Primeira cidade - Parque Nacional das Sete Cidades (PI)
Nosso café da manhã foi bem incrementado, pois como no chalé do qual estávamos usando o banheiro havia também um frigobar, acabamos colocando sucos e frios na geladeira. Após acertarmos nosso pernoite, retornamos ao Parque para atravessá-lo até a cidade de Piracuruca (menor distância) aproveitando para tirar fotos das duas cidades que não tínhamos visitado no dia anterior por conta da forte chuva e então seguirmos até Parnaíba (100 km) e conhecer o delta do Rio que leva este nome, ainda pela BR 343, também conhecida como Transpiauí.
Nosso café da manhã
Toca do pajé - Sétima cidade
Serão canhões ou árvores petrificadas ali em cima??
Primeira cidade
O litoral do Piauí só tem 66 km de extensão, é o menor do nordeste e dá acesso a praia a 4 municípios, sendo o mais conhecido o de Luis Correia, com praia de mesmo nome, portanto fomos até lá para saber como era... ... é com muito vento e areia... Resolvemos petiscar uma porção de camarão e para nossa surpresa o preço foi de 1º mundo, já a porção servida era de 3º mundo!!! Um punhado de camarões "meia boca" pelo qual fomos cobrados R$ 40,00 para uma dúzia de camarões que mal enchiam o centro de num prato de sobremesa!!! Uma verdadeira arapuca!!! Não caia na bobagem de pedir camarões nesse local!! Isso sem contar que tudo veio crocante, em função do vento com areia que ali sopra sem parar! Lá o negócio é comprar pastel, que custa só R$ 3,50 e é grandão, do tamanho de meia folha A4.
Nosso reencontro com o Oceano Atlântico - Luís Correia (PI)

Quiosque à beira da praia, onde tudo era "crocante"!
Saímos de lá meio desacorçoados, pois esperávamos uma bela porção de camarões, visto que estamos no Nordeste brasileiro que é tão famoso pela fartura em seus pratos à base de frutos do mar!
Retornamos ao centro da cidade de Parnaíba e verificamos o preço do passeio de barco pelo delta: R$ 280,00 para 4 pessoas! Como estávamos apenas nós dois, apesar de ser domingo, não valeria a pena, desta forma seguimos viagem até Tutóia, já no Maranhão e que também faz passeios de barco.
Às margens no Rio Parnaíba, em Parnaíba (PI)

Casario antigo da área do porto
Chegamos a Tutóia ao entardecer e fomos logo procurar local para acampar. Na terceira tentativa, encontramos a Pousada Âncora (de frente para o mar/rio) que está meio desativada, mas possui uma área legal para camping e, depois de negociar com o seu proprietário, Rai (Raimundo), fechamos negócio em R$ 40,00 a diária, com direito a uso de chuveiro e banheiro de um dos quartos da pousada. Além disso, sua esposa Nilza ainda fez nosso jantar: peixe fresco frito, arroz e salada que depois da negociação ficou em R$ 30,00. Tudo acertado, retornamos até a Pousada Baluarte, do Patrick e do Paterson, onde anteriormente havíamos visto a possibilidade de fazer o passeio de barco pelo delta do rio Parnaíba, no dia seguinte, pagando R$ 80,00 por pessoa. Ali já conhecemos nossos companheiros da aventura do dia seguinte, a família Cristiane, Rodrigo, Guilherme e Malu (brasilienses) e que estão fazendo quase o mesmo roteiro que nós, porém no sentido inverso. Depois de muito bate-papo e troca de experiências, visto que eles também curtem expedições, aventuras e Off Road, nos despedimos e retornamos para a beira mar, agora silenciosa... (antes havia uma disputa de som automotivo na praia, onde cada motorista abria seu porta malas e infernizava a vida dos outros!!) Parece que isso é costume no nordeste, principalmente nos finais de semana.
Vista da Praia de Tutoia


Dia 11/jan/2016

Navio cargueiro naufragado (década de 1970) em frente a praia
Acordamos muito cedo com o ruído de uma vaca passeando por baixo de nossa barraca... logo após o café fomos caminhar pela orla para conhecer a região de Tutóia, MA. O rio Parnaíba forma um enorme delta, sendo conhecida essa região como Delta das Américas. É o único delta de mar aberto das Américas, sendo os outros dois iguais no mundo situados no Rio Mekong no Vietnã e no Rio Nilo no Egito. Mais de 80 ilhas compõe este importante estuário e que proporcionam aventuras e histórias para quem percorre seus igarapés. Perto das 9h30min seguimos poucos metros até a Pousada Baluarte, de onde sairia o passeio já agendado no dia anterior.

Fomos levados na caçamba de uma Toyota Hilux até o porto, de onde, após todos estarem de coletes salva-vidas, seguimos pelo delta até o navio naufragado na década de 1970. De lá, fomos por igarapés até a segunda parada, numa ilha que só aparece quando a maré está muito baixa (Melancieira), e depois, conhecemos as dunas da Ilha do Caju, onde pudemos curtir banho em piscinas naturais formadas pelo movimento das marés.
Vendo o navio naufragado de pertinho
Bancos de areia que formam pequenas ilhas na maré baixa(marcos lá no fundo, de pé numa ilhota)
Observando o cavalo marinho
Dunas no meio do Delta
Piscinas naturais na Ilha da Melancieira
Igarapé no delta do Rio Parnaiba
Ainda de barco, fomos até o local onde se avistam cavalos marinhos e finalmente, até e Ilha de Coroatá, onde almoçamos. Por lá ficamos até às 15 h, horário em que retornamos à cidade com muita emoção, pois a maré havia mudado e havia muito vento, o que provocou banhos forçados em todos os ocupantes da lancha! Uma diversão!!!
Almoço com os amigos Rodrigo, Malu, Cristiane e Guilherme.
Conhecendo o Delta do Parnaíba
Retornando ao continente, fizemos compras para o jantar, lavamos roupas e ficamos relembrando os emocionantes momentos vividos neste dia enquanto preparávamos nosso rango!

Tentamos, em vão, publicar textos bem atualizados no blog... mas a internet é muuiiittoo  lenta e dessa forma não conseguimos carregar as fotos na postagem. Assim, passamos um bom tempo conversando com os amigos recém-feitos, o que rendeu horas de bate papo!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO