______________________________________

.

.

.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Petrolina (PE) a Serra da Capivara (PI)

Dia 03/janeiro/2016
Município de Remanso (BA), às margens do Rio São Francisco!!! Onde??
Logo cedo organizamos tudo, remontamos a escada na barraca (ela teve de ser desmontada por não entrar na garagem), limpamos o apartamento dos primos Esther e Daniel e pegamos a estrada rumo a Casa Nova, na Bahia, pela BR 235, onde está localizada a Vinícola Miolo, famosa pelos vinhos selecionados. Como a conhecemos em Bento Gonçalves (RS), passamos direto e fomos até Remanso.
Remontando a escada, já fora da garagem
Remanso fica às margens do lago da Barragem de Sobradinho, e, por conta do período longo de estiagem e das dezenas/centenas de canais de desvio do rio São Francisco, hoje a “praia” do São Francisco está localizada a pelo menos 7 km da cidade, por uma estradinha que passa por dentro do que seria o lago... é impressionante e muito triste ver como a natureza está sendo degradada pela ação do homem. 
Imaginar que o maior lago artificial da América Latina está reduzida a pouco mais de 3% de sua capacidade, nem permitindo a navegação com vapores antes uma marca registrada do local. Ao chegarmos às margens do Rio, vimos a antiga cidade de Remanso que ressurgiu das águas da represa  e que, até meados da década de 1970 estava localizada ali e, por motivo da construção da represa de Sobradinho e foi transferida de local.
Estrada no local onde deveria ser o lago da represa
Assim está a represa de Sobradinho hoje

Margens do Rio São Francisco, distantes 7  km da cidade
Ruínas da cidade antiga


Tiradas algumas fotos e tomando um refri (coisa rara! Estava um calor de rachar) numa birosquinha improvisada às margens do Rio São Chico, seguimos rumo a São Raimundo Nonato, já no Piauí, pela BR 324. A estrada até o município de Dirceu Arcoverde (divisa dos estados da BA e do PI, 40 km) está HORRIPILANTE!! Uma buraqueira só...uma atrás da outra, hehehehe... depois da divisa ela melhora bastante, pois com a construção do aeroporto em São Raimundo Nonato estava havendo algum investimento e o asfaltamento da rodovia foi realizado. Tudo bem que as obras do aeroporto estão paralisadas há alguns meses, assim como todas as outras obras federais que vimos desde Santa Catarina até aqui, ao longo dos trechos percorridos. 
Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato (PI): inacabado
Assim, seguimos por mais uns 50 km em rodovia muito boa até alcançarmos São Raimundo. Como hoje é domingo e os museus fecham às segundas-feiras, fomos direto até o Museu do Homem Americano (www.fundam.org.br), onde pudemos observar peças e fragmentos da presença de homens da América do Sul antes do que estava previsto pela teoria da chegada do homem ao continente pelo estreito de Bering. A pesquisadora Niéde Guidon que chegou a essa região por volta de 1973 - e nunca mais foi embora – realizou n-pesquisas e escavações arqueológicas fazendo descobertas que modificaram a forma de se conhecer a história das civilizações e das ocupações de terras pelo ser humano. 


Sepultamento de criança


Esqueleto de mulher que foi soterrada no Sítio Baixão da Mulheres
Gostaríamos de ter conversado com a Dra. Niéde, mas não foi possível, pois ela já está bastante idosa e sua saúde está precária! Segundo informações, por conta disso ela está deprimida! 
Compramos o livro com as principais informações sobre a região.
Obtivemos algumas informações sobre camping e seguimos até o Sítio do Mocó, localidade distante 20 km de São Raimundo, vizinha ao Parque Serra da Capivara. Lá chegando, encontramos na rua um cidadão chamado Arrilson (Arilson?) para nós Ari, e pedimos informações para ele sobre o camping . Além de nos orientar na direção, passando por um desvio com muito barro, ainda ofereceu serviço de guia praticado pelo seu primo, Jair. Então, já no Camping Pedra Furada, da Ceissa, cuja hospedagem foi acordada em R$ 30,00 por dia, pelo casal, ficamos.
Tomando uma geladinha com a Ceiça.
Nosso camping na Serra da Capivara.
Barraca armada, jantar já pronto (sorobô de ontem- macarrão a bolonhesa, farofa de feijão fradinho, arroz, salada de alface com tomates), hora de dormir e sonhar com as paisagens e pinturas rupestres que avistaremos amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO