______________________________________

.

.

.

domingo, 12 de janeiro de 2014

Pichidangui a Vicuña - Chile

07 de janeiro de 2014
Playa Chingualoco
Do mesmo modo como havíamos planejado dormirmos em Valparaíso e acabamos ficando em Viña Del Mar, agora o nosso projeto inicial era de dormirmos em La Serena, aproximadamente 400 km ao norte, sempre seguindo pela Ruta 5 – Ruta Del Mar (Circuito Litoral Norte ) da Via Panamericana e acabamos em Vicunã, já na serra. 


Assim, fomos parando em cada prainha bonita que encontrávamos, tirando fotos, catando conchas e curtindo um friozinho e névoa fina que teimava em nos acompanhar.

Passamos por Los Vilos e por diversos parques eólicos, onde cada um tinha pelo menos 40 cataventos gigantes. No Chile apenas 6% de toda a energia elétrica produzida provém de fontes renováveis, o restante é produzido por termoelétricas.





Próximos de La Serena, entramos na Praia La Herradura sem muitos atrativos, apesar da fama divulgada. Também fomos em Coquimbo, onde por acaso vislumbramos uma construção muito linda que nos chamou a atenção. Chegando lá, descobrimos que se tratava de uma Mesquita e assim, aproveitamos para visitá-la e conhecer um pouco sobre o Islã e seus costumes, além da história dessa Mesquita especificamente.

Ela é a única Mesquita nas Américas que foi construída com influência marroquina e é a única no mundo a possuir o nome do rei de Marrocos, Mohammed VI. Além disso, lá funciona um Centro (multi) Cultural, onde todos os visitantes são bem vindos, independente de seu credo religiosos e podem utilizar-se do espaço ali existente.


Não vendo nenhum atrativo a mais em Coquimbo, compramos um lanchinho num Copec e seguimos rumo a La Serena.



Fomos direto até a praia onde tem o Farol Monumental de La Serena, que foi construído entre 1951 e 1953 e que faz parte da rede de faróis do Chile. Por estar à beira mar, está necessitando de uma boa reforma.


Pesquisamos rapidamente os preços de alguns hotéis hospedagens na cidade e na beira mar, que mais parece Balneário Camboriú, tanto nos preços quanto na badalação!
Decidimos então ir à Vicuña, cidade localizada 70 km ao leste, pela Ruta 41, já que era nosso caminho para o Paso Água Negra, que faríamos no dia seguinte.


Represa do rio Elqui

Vinhedos do Vale do Elqui - uvas para produzir pisco

Foi uma ótima pedida, pois, além da cidade ser muito simpática, já na entrada encontramos o Hostel Las Delícias, onde o Leandro e o Jaime nos atenderam prontamente, com muita atenção, explicando sobre as principais atrações da cidade e arredores e também e onde poderíamos jantar, uma vez que não almoçamos!


Jaime nos acompanhou até o Kiosko na esquina e nos deu uma aula sobre pisco, visto que o Vale do Elqui (onde estamos) é o centro de produção da bebida símbolo do Chile!




A cidade de Vicuña é muito importante, pois é o berço da Prêmio Nobel de Literatura (1945), Gabriela Mistral, e possui um centro astronômico onde as pessoas vão a visitas agendadas conhecer e localizar constelações, pelo fato da região possuir céu claro o ano inteiro. Há, ainda, os roteiros pisqueiros, onde os visitantes e turistas conhecem e visitam as bodegas onde é produzido o pisco!
Abastecendo no posto da rede Copec, em Vicuña

Hostel Das Delícias
Jantamos um delicioso Pollo a lo Pobre, com direito a uma montanha de batatas fritas, com cebola frita e ovos fritos sobre um pedação de frango assado, no restaurante La Picá, tudo acompanhado por uma saladinha mista bem light!

O Hostel Las Delicias é um local bastante simpático, familiar e acolhedor e nós, do Viagem Família, recomendamos!


" O que a alma faz por seu corpo, é o que o homem faz por seu povo. "


2 comentários:

  1. Olá amigos. Me chamo Rogério Silva , sou amigo dos Srs. Leandro e Jaime e também fanático pelo Chile . As informações do Blog são muito boas e ilustrativas , também acho que devemos sempre aliar viagem à cultura. Parabéns pelo espírito de cooperação e aventura , sigam sempre assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo Rogério Silva! Nosso lema é ajudar onde pudermos para que todos possam ter suas experiências! Viajar é aprender e viver, e descobrir que quanto mais sabemos, mais temos ainda para aprender! Grande abraço para voc~e do Viagem Familia.

      Excluir

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO