______________________________________

.

.

.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Jalapão 2010 - Família MMDN (27/Jul - 28/Jul)

Jalapão -TO
27/28 de julho de 2010


Iniciando a saída do Jalapão

Depois do lauto almoço, começamos o caminho da volta pela estrada principal do Jalapão, 170 km em sentido Ponte Alta do TO. Qualquer um acha que essa distância se faz em duas horas... no Jalapão, isso se faz em 5 h!!!!

Por isso fomos até a Gruta/Cachoeira Sussuapara onde resolvemos fazer mais um acampamento selvagem, não sem antes tomarmos um bom banho de cachoeira! Banho tomado para tirar o pó da estrada, preparamos uma bela macarronada ao sugo e um bolo de banana de sobremesa, que havíamos comprado em Mateiros!

             Estrada de volta                                             Banho de cachoeira

         Indo dormir!                                            Acordando no cerrado!
  
         Companheiras da estrada – araras    Chegando à cidade de Ponte Alta, ao fundo

Como acordamos cedo, com a passarinhada cantando, antes das 8h estamos na estrada, agora, indo em direção à Natividade, mais uns 125 km de chão e 65 km de asfalto.


                           BR 010                                       BR010 - Caminho para Pindorama TO
Natividade fica ao Sul de Ponte Alta e é uma cidade histórica, que foi construída pelos escravos durante o ciclo do ouro. Foi fundada em 1734, começando como arraial e passando a ser a mais importante cidade da Capitania dos Goiazes.

Apresenta características coloniais, com ruas de traçados irregulares e casarios típicos de arquitetura portuguesa. Possui atrativos como a Ig. de São Benedito, a Casa da Cultura, Museu Histórico, Pça da Bandeira (antigo pelourinho) e as ruínas da inacabada Ig. de N. Sra. Do Rosário dos Pretos, a maior igreja da capitania.

Possui, também, ourivesaria, gastronomia/culinária e um calendário festivo religioso bem ativo! Enfim, é uma cidade bonita e cheia de atrativos!


Bugio à beira da estrada                                             Natividade - TO   


Típico açougue da região – carne de sol                     Ig de São Benedito  
                  


  Ruínas da Ig N. Sra. Rosário dos Pretos                                  Pça do Pelourinho          

No Museu Histórico, conhecemos a atendente Elisane, muito simpática e atenciosa, explicou-nos sobre a cidade e o acervo do Museu e... o Sonhador Ressuscitado, que também é funcionário do Museu!!! Uma figura folclórica na cidade, a começar pelo nome!!! Todas as pessoas foram muito gentis e solícitas!

Em frente ao Museu, com a Elisane e o Sonhador Ressuscitado

A cidade é muito bonita e a atividade de ourivesaria com filigrana vinda do norte de Portugal é preservada e executada até hoje, com maestria! As peças produzidas são únicas e de rara beleza. A extração do mineral precioso é mecanizada e é realizada em toda essa região.


   Ourives trabalhando em peça de ouro                Modelos de peças em filigrana

Nessa cidade compramos paçoca de carne de sol, paçoca de gerelim (doce) e uma peça de carne de sol, que fica exposta em uma “gaiola” de tela, em frente aos açougues!!! Muito interessante! Degustamos, também, sorvetes de frutas típicas de região e deliciosos pasteizinhos!

Descobrimos que aqui também se festeja a Festa do Divino, assim como em Barra Velha!

Uma curiosidade: o prédio do Museu era originalmente uma cadeia que funcionou como tal até 1995!

Seguimos até Teresina de Goiás, distante 350 km, onde pernoitamos, pois o asfalto em GO está uma mer.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO