______________________________________

.

.

.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Vargem Bonita - São Roque de Minas - Araxá

19 de janeiro de 2011
Vargem Bonita – São Roque de Minas – Araxá

            Depois de um café da manhã simples, no qual conhecemos e conversamos com o outro hóspede do Hotel (apenas dois quartos estavam sendo utilizados) e sua esposa - Lauro e Helayne, um casal muito simpático de São Paulo, seguimos em direção a São Roque de Minas, distante uns 13 km de Vargem Bonita, por estrada de chão. A cidadezinha é pequena, porém possui mais estrutura que sua vizinha (se é que se pode afirmar isso!).
            Pegamos algumas informações com moradores e rumamos à Nascente do São Francisco, passando pela portaria 1 do Parque Nacional, pagando os ingressos novamente e mais 5 km de estrada muito ruim, em subida, chegamos ao Centro de Apoio ao Turista, onde assistimos a um vídeo explicativo sobre a Serra da Canastra, suas atrações e sua fauna.
            Conversando com o Zé Maria, produtor do vídeo e guia do Parque, descobrimos que essa mesma estrada que dá ingresso ao Parque é utilizada para atravessá-lo e chegar às outras portarias (São João Batista e Sacramento). Assim, vamos economizar pelo menos uns 70 km, pois não precisaremos retornar.

Sempreviva, ainda sem flor.




Outro tipo de sempreviva. Parecem bolinhas.


Percorremos mais uns 13 km até finalmente chegarmos à Nascente do São Chico... Uma visão e tanto!! A nascente é pequena, com a água brotando da terra e formando um tanque, porém o seu significado para o país e para nós é muito maior!!! Afinal, é o Rio da Integração Nacional, e corta 5 estados da Federação!

Nascente do São Chico.
  
Imagem do santo com a sua oração.

Seguimos em direção ao Curral de pedra, onde os escravos construíram uma estrutura para guardar os animais, por volta do século XVIII. Durante o ciclo da mineração, extraia-se ouro dessa região e os animais faziam o seu transporte, assim, era necessário um local seguro para abrigá-los.

Vista superior do Curral.
Mais uns 25 km de estrada na maior parte do tempo esburacada e com muitas valetas, chegamos à parte alta da Cachoeira Casca D'anta. A vista é muito bonita e o local é propício para um banho revigorante! Nós aproveitamos para degustar, às suas margens, um delicioso queijo canastra que havíamos comprado no açougue do Luisinho, na cidade de Vargem Bonita. HUM!!!!


O queijo canastra é tombado pelo IPHAN, como patrimônio histórico, pois é um produto genuíno dessa região, salgadinho e delicioso! Descobrimos que não pode ser comercializado em supermercados grandes do país, por ser feito a partir de leite fresco, o que é contrário à legislação sanitária brasileira. Seu sabor lembra muito o queijo fresco que comemos na Bolívia, junto com o choclo (milho), feito com leite de lhama.

Após um delicioso banho, nas límpidas águas deste maravilhoso rio, iniciamos a nossa saída do Parque Nacional. Optamos por sair pela portaria de São João Batista, distante quase 50 km de onde estamos.
Essa saída é estratégica, pois a 500m de sua saída existe outra cachoeira muito bonita, chamada de Cachoeira do Jota, composta de diversos saltos em sequência, numa altura total de uns 200 m.



Cachoeira do " J "
Essa cachoeira é no rio Araguaí e pertence à bacia do Paraná.  Tiradas as fotos, passamos pelo lugarejo e fomos até Tapira, distante 60 km. A estrada estava uma b..... e enfrentamos alguns atoleiros bravos, tendo que utilizar alguns desvios para fugir do barro. Para acrescentar mais emoção, alcançamos a chuva que se via no horizonte.
De Tapira a Araxá são uns 40 km, em asfalto. UFA! A chuva não cessou até entrarmos na cidade. Achamos o Hotel da Torre e negociamos nosso pernoite com o João Carlos (R$ 120,00 para os 4).

Queríamos comer uma deliciosa comida mineira e, seguindo a sugestão do João, fomos até um restaurantezinho Varanda's, do Sabiá, que nos ofereceu petisco de mandioca, torresminho e farofa e almojantamos um comercial bem saboroso!

Boa noite! Até amanhã!

Um comentário:

  1. Parabens, pela bravura demonstrada por essa familia encantadora, que sabe acolher verdadeiramente preciosas fontes da natureza do Universo para mostragem ao mundo.
    São os votos de felicitações harmoniosas de Lauro & helayne

    ResponderExcluir

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO