______________________________________

.

.

.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

De Curitiba (PR) a Corumbá (MS)

De Curitiba (PR) a Corumbá (MS)
22 de dezembro a 26 de dezembro

De Curitiba a Corumbá são 1600 km a rodar! Nós, Os Garças, e os Abutres, percorremos essa distância, passando por locais muito interessantes como: as cidades do interior do Paraná (Umuarama, Reserva, Campo Mourão,...) nas quais apreciamos a flora e fauna, percorrendo caminhos alternativos, com a finalidade de evitar pedágios e vislumbrar as paisagens!
Chegando ao Mato Grosso do Sul, cruzamos a lindíssima ponte sobre o Rio Paraná, passando por Naviraí e atingindo nossa primeira parada, em Dourados!

Detalhe a ser considerado é a mudança do fuso horário: uma hora a menos que a hora de Brasília!!!

Dourados (MS) – cidade originada por doação de terras do governo brasileiro para ex-combatentes da Guerra do Paraguai. Esta colonização foi feita, principalmente, por gaúchos, paranaenses e catarinenses, nos idos de 1937. A economia do local é baseada principalmente na agricultura (soja, milho e cana), agropecuária bovina e ovina.
Seguindo em frente, pela manhã, em estradas quase desertas, com MUITO calor, passamos a poucos km de Bonito (outra viagem que já realizamos!!!) Perto da cidade de Miranda, paramos para comprar artesanatos – Casa do Artesanato - e abastecer os veículos, quando fomos surpreendidos pela chegada da terceira família - os Maritacas, que vinha de Minas Gerais.
Agora todos juntos no caminho para a estrada do Pantanal Sul conhecemos o Recanto da Maria, que já foi tema de reportagem no Globo Rural. Ao sairmos dos veículos fomos surpreendidos pelo ataque voraz dos mosquitos, que vinham aos milhares! Depois de um banho de Repelex, fotografamos e admiramos MUITOS jacarés, que respondiam ao toque de um sino... uma visão surreal!!!



Toda a região, inclusive o Passo do Lontra (já próximo de Miranda), é objeto de pesquisas, pois possui vasto bioma e diversidade. Também utilizado para pesca desportiva, safári fotográfico e caminhadas contemplativas!



Mais alguns km, chegamos a ...”lugar distante”, nome em tupi-guarani, da cidade de Corumbá (MS).
Corumbá (MS) – situada no extremo oeste brasileiro, faz divisa com a Bolívia. Sua população aproximada é de 93 000 hab e é também MUITO quente!!! A economia basea-se no comércio e principalmente nos serviços de turismo de pesca esportiva e turismo rural. É uma cidade com população muito variável, influenciada pelas cheias dos rios do Pantanal. Destaques:
• o Forte Junqueira (1871) – importante posto de controle, na época do Brasil Colônia, para fiscalização das embarcações provenientes do Paraguai e Bolívia.
• O casario colonial
• Passeios de chalana pelo rio Paraguai, para observação dos tuiuiús e jacarés, entre outros bichos.


Chegamos nessa distante cidade na véspera de Natal e fomos surpreendidos com fechamento dos restaurantes e afins, bem como da aduana boliviana... Assim, por esse motivo, nós mesmos providenciamos a nossa ceia de Natal familiar, fazendo compras num mercadinho e que resultou num maravilhoso trabalho em equipe!!!

Um comentário:

  1. ola pessoal! Meu email photocreative@photocreative.com.br pretendemos
    ir em um grupo de amigos ao Peru de carro. Iremos em 4 em um Honda CRV (nao 4x4), minhas opcoes sao ir pelo chile ou ir por corumba... tenho duvidas quanto ao trajeto de carro ateh cusco, principalmente o trajeto de corumba ao peru... acha possivel ir com meu carro? e a seguranca quanto a assaltos e outros, li algumas coisas nao muito legais sobre a bolivia... ja fiz uma viagem ao chile de 8000km com um ford focus, atacama a santiago, foi maravilhoso :)

    Abracos
    Rodrigo

    ResponderExcluir

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO