______________________________________

.

.

.

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Villa Carlos Paz a Mendoza - Argentina

30 de dezembro de 2013

Depois de um lauto café da manhã, olhando com desejo a piscina, resistimos à tentação e iniciamos nossa jornada, rumo à Mendoza, onde ficaremos três dias para conhecermos bem a região!
Seguimos pela Ruta 34, passando pela Parque Nacional Quebrada del Condorito, com subidas fortes, paisagens muito bonitas, muitas pedras e curvas. Após percorrermos aproximadamente 60 km de subidas, chegamos a 2170 m de altitude.






Em Mina Clavero, paramos numa fábrica de alfajores, chamada El Nazareno e redescobrimos que eles são deliciosos, de "comer de joelhos"!!!!
Cadeiras temáticas, com dizeres em diversos idiomas relacionados à diferentes religiões (árabe, hindu, hebraico, chinês)!


Nessa loja, além de diversas variedades de alfajores, com recheios, massas e coberturas variadas, há também chocolates e trufas artesanais, simplesmente de-li-ci-o-sos!!! Havia também bolos, doces de leite e de frutas etc e tal, ou seja, somente coisas indispensáveis para quem está fazendo turismo!!!


Logo em seguida, compramos empanadas recém saídas do forno, a $40 a docena (12 unidades), que almoçamos alguns quilômetros adiante, numa sombra benfazeja - só para lembrar, a relação entre real é peso é de 1/4, aproximadamente!
Seguimos pela Ruta 20 até Lujan, já na província de San Luis e dali, pegamos a Ruta 146, em diração a capital da província, desviando dela a poucos quilômetros e entrando na famosa Ruta 7 (que liga Buenos Aires a Santiago -Chile). Optamos por esse caminho, mais comprido do que se tivéssemos ido em direção a San Juan, desviando depois para Mendoza, pois queríamos conhecer as Salinas del Bebedero, que ficam a 38 km de San Luis.


Ficamos um pouco decepcionados, pois essa salina é puramente comercial, não se tendo a possibilidade de chegar às lagunas de onde o sal é retirado. Ainda assim, como o local estava "abandonado" (não vimos ninguém, nem trabalhando, nem passeando, nem vigiando!) demos uma volta grande pelo local, subindo na montanha de sal com o carro e tirando algumas fotos interessantes.

Lá distante fica a laguna de onde o sal é retirado
Ainda tínhamos uns bons 270 km pela frente, assim, seguimos até Mendoza, onde já tínhamos reservas no Hostel Macondo (www.facebook.com/macondohostelmendoza).
Posto policial na entrada da província de Mendoza
Rodando pela Av San Martín, a procura da Calle Tucumán
A província de Mendoza faz controle fitossanitário em seus limites, assim, além de pagarmos dois pedágios (um em San Luis e outro, 500 m adiante, em Mendoza), ainda passamos por uma "inspeção" onde o fiscal solicitou que abríssemos o porta-malas e nos perguntou que tínhamos algum alimento in natura no carro. Tudo resolvido em alguns minutos, seguimos pela Ruta 7, em busca do endereço de nossa hospedagem. Por desconhecimento, colocamos na busca do Garmin a cidade de Mendoza e, ao chegarmos ao endereço, descobrimos que se tratava de uma casa de família! A proprietária gentilmente nos explicou que estávamos procurando pela rua certa, porém na cidade errada!!! Nosso Hostel não ficava em Mendoza e sim em Godoy Cruz, uma cidade que está anexada à capital, mas possui outro CEP e o mesmo nome de rua, daí a confusão! (situação semelhante ao ABC paulista, por exemplo)

Chegamos lá pelas 20h, cansados e com muito calor!!! Nosso quarto, simples, mas confortável e amplo estava a nossa espera, SEM AR CONDICIONADO! Sobrevivemos com um ventilador grande de pé!!!!
Tomando uma merecida Cerveza Andes, bem gelada!
A janta foi assada pelo Jonathan, atendente do Hostel, excelente assador e muito prestativo e atencioso! Após um maravilhoso jantar, com "ensalada de tomates y mayonesa, pan, salchichas y carne de vacuno assados", que havíamos comprado pouco antes em pequenos "kioskos"-mercadinhos, localizados a poucos metros do hostel, ainda fizemos a postagem do dia anterior... O CD colocado tocava música popular argentina e... brasileira, é claro!!!


Boa noite a todos. Amanhã teremos um dia cheio de atividades!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO