______________________________________

.

.

.

sábado, 19 de janeiro de 2013

São João Del Rei (MG)

08 de janeiro de 2013
São João Del Rei (MG)
Marcos em frente à Catedral. Ao fundo, Igreja N. Sra. do Carmo

Depois de um belo café da manhã, resolvemos botar as fofocas em dia e conversamos longamente com nossos amigos, Maurício e Mariana - Tucanos!
Depois do almoço, nós, o casal Mari e Marcos (Garças), fomos rever o centro histórico da cidade, para comparar às outras vezes em que estivemos em São João.
Há muitas edificações sendo restauradas, porém, de maneira geral, percebe-se que em São João não há aquele interesse ou enfoque turístico, apesar dos preços bem salgados: o custo de vida na cidade é bastante alto!
Igreja do Carmo (1732)
Arraial Novo do Rio das Mortes (fundado em 1704), foi fundada por taubateanos liderados por Tomé Portes del Rei depois chamado de São João del Rei, foi fundada como entreposto entre Paraty- Rio de Janeiro e o interior do estado de Minas Gerais. É a cidade natal de Tiradentes - Joaquim José da Silva Xavier, mártir da Inconfidência Mineira, bem como do presidente eleito Tancredo Neves, do cardeal Dom Lucas Moreira Neves e da "Nhá Chica" (em via de ser canonizada pelo Vaticano), entre outros.
Atualmente é conhecida por ser um importante centro universitário e tem, aproximadamente, 90 mil habitantes.
O nome São João Del Rei é uma clara homenagem ao rei D. João V e que passou a ser Vila em 1713 e só passou a categoria de Cidade em 1838.
Ophicina Rewter - arte em estanhos, sendo atendida pelo Célio
www.opestanhos.com.br
A catedral de Nossa Senhora do Pilar é de 1721 e é a única da cidade com altares com talhas douradas, sendo a terceira igreja mais rica do Brasil em ouro e pedras preciosas (as outras estão em Ouro Preto (N. Sra do Pilar, também) e em Salvador, na Bahia).
Catedral de Nossa Senhora do Pilar (1721)
Altar mor da Igreja do Pilar
Durante a visita à Igreja do Pilar tivemos a orientação do Edir. Muito atencioso, ele nos explicou pacientemente sobre os símbolos escondidos e seus significados em cada imagem, detalhe, entalhe.  Passamos quase duas horas conversando com ele e descobrindo as histórias de São João, da Igreja e suas particularidades. Por fim, ele gentilmente nos acompanhou até a sacristia (área não permitida para visitantes) e ainda ligou as luzes (pois com a chuva o dia passou a ser mais escuro) para que tirássemos as fotos de modo a valorizar a beleza e riqueza do local. Diferentemente das igrejas de Ouro Preto ou no Museu Cora Coralina, aqui pode-se tirar fotos das obras e monumentos.
Teto da sacristia, com os 4 evangelistas em destaque
Vista da nave da igreja
Vista de fundos da igreja
Na igreja N. Sra do Carmo (1732) há uma imagem inacabada de Cristo, cujo autor é desconhecido  e a Igreja do Rosário (1719) é a mais antiga da cidade, tendo sido construída por escravos. As torres atuais foram construídas em 1936. A Igreja das Mercês é de 1853 e tem estilo e interior mais simples.
Igreja do Rosário. À direita, Solar dos Neves e mais à frente, Solar  da família Lustosa.
Igreja das Mercês (1853)
Interior da Igreja das Mercês

Ao lado da Igreja de São Francisco de Assis (1774) há um cemitério onde foi enterrado o presidente eleito Tancredo Neves.
Igreja São Francisco de Assis, de dia e com chuva!
O Memorial Tancredo Neves (www.memorialtancredoneves.com.br/visita_virtual/tancredo_pt), inaugurado em 1990, contém fotos e documentos sobre a vida e trajetória política desse importante brasileiro.



O Memorial é bem didático e possui um acervo interessante. Com fundo musical envolvente e emocionante (Coração de Estudante, com Milton Nascimento) você percorre salas em que relembra o fim da ditadura militar e o Movimento das Diretas Já! Como chegamos perto do horário de fechar (17h30min), fizemos uma visita relâmpago, mas percebemos uma certa tendência a imortalizar Tancredo como um herói nacional. Cabe a cada visitante tirar as suas conclusões! Como somos céticos, achamos um pouco apelativo!


Conversando com Tancredo

Com toda a chuva que caía, só nos restou voltar para casa e lanchar um cachorro quente com refri, suco, cerveja, etc e tal, além dos docinhos de Goiás e outros quitutes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO