______________________________________

.

.

.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

LEP na Serra Gaúcha - 08-Set-2011

Adoramos o restaurante Cantinho do Pescador, em Torres. Todo pessoal do restaurante é muito atencioso e sobrou comida. O forte foi a casquinha de siri, porção muito generosa. Para encerrar o dia,  eu e o Pedro caímos na água da piscina térmica do hotel, cujo funcionamento se estendia até 22h.
Pedro entre 2 estados
No dia seguinte,  São Pedro não perdou a gente! Água. Muita Água! Nada que um casaco impermeável e um bom guarda-chuva não resolvessem a questão. Fomos visitar a ponte pênsil que liga Torres a Passos de Torres, unindo os dois municípios e também os dois estados vizinhos.  Foi muito bom lembrar quando estivemos por aqui em 1995, com o papai Wilson Wassem e a Dona Zenaide. O Pedro curtiu bastante. Logo em seguida já pegamos a BR101 por Passo de Torres, encurtando o caminho em direção a Praia Grande-SC, onde chegamos rapidamente para conhecer a região dos Canyons.
Luiz com o prestativo Marcelo
Em Praia Grande, conhecemos o centro de informações turísticas muito bem preparado, onde a atendente Clésia nos entupiu de informações e folhetos. Por sorte, naquele instante estava por lá um habitante da região, que largou da profissão de guia de turismo para se aventurar como caminhoneiro. Seu nome é Marcelo e nos passou dezenas de dicas sobre as belezas da terra dos Canyons. O Canyon de Itaembezinho fica no Parque Aparados da Serra e seu nome vem do diminutivo de Itaembé que significa “pedra cortada”. Poucas horas mais tarde descobrimos que os índios estavam certos na escolha do nome. Para chegar lá, percorremos cerca de 25 km de subida por estrada de chão, chamada de Serra do Faxinal. A estrada é muito bonita, com vegetação exuberante e muitos pinheiros. Adoramos!
Familia LEP no topo da Serra
Logo depois entramos no parque cuja entrada é cobrada. Naquele momento caiu uma tromba d’água e 5 minutos depois parou de chover. Foi muito oportuno porque fizemos a trilha do vértice que mostrou o maravilhoso canyon e duas de suas cachoeiras. Ficamos empolgados e fizemos então a trilha do cotovelo. Mas nesta não tivemos a mesma sorte. Tivemos que andar cerca de 6 km, mas a cerração não permitiu desfrutar da vista de cima do canyon. Nota: achamos os guarda parques extremamente despreparados. Nenhum sabia dar a informação direito, sequer sabiam aonde ficavam os locais que fomos. Absurdo. Um deles inclusive me disse que tem preguiça de andar (hahaha... essa foi boa...).
Itaembezinho pela trilha do Vértice 
Saímos, então, do parque e seguimos em direção à Canela e Gramado, passando por 2 belas cidades: Cambará do Sul, com seu belo casario e São Francisco de Paula. Rapidinho estávamos alojados em Gramado, num hotel que fica exatamente na divisa com Canela. Hotel Pousada Aconchego da Serra. O hotel é bom, bonito e barato. Não tem muitas opções de lazer, mas tem, pelo menos, internet e uma ótima calefação que foi providencial para a gente colocar para secar todas as roupas que molhamos no Itaembezinho.
Alojados, fomos jantar no restaurante “La Famille de Gazon”, que serve uma maravilhosa sequencia de fondue: Queijo, Carne e Chocolate. O restaurante tinha uma ótima música ao vivo com o músico  Seti. Nos fartamos de comer bem e fomos então dar um giro em Gramado (rua coberta e as atrações na Av. Borges de Medeiros) e depois Canela, para ver as inúmeras cores da Catedral de Pedra.
Fondue de Luiz na Pedra
Dia completo ! Amanhã tem mais Serra Gaúcha!

4 comentários:

  1. Ótima a foto do Luiz sendo transformado em foundue.kkkkkkkkkkkkkkk...abs dos Garças.

    ResponderExcluir
  2. Luís, Edu e Pedro
    Estamos acompanhando dia a dia (e que dias, hein?) desta deliciosa viagem! Como é essa história de guarda-parque com preguiça de andar???? Cada uma que a gente escuta,não?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Lydia Santoro Ribeiro10 de setembro de 2011 23:30

    Adorei as fotos e muito feliz em vê-los aproveitando esta viagem pelo Sul .Muitos beijos para voces
    Lydia

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Em Gramado e Canela eu e Lu estivemos ano passado. Adoramos conhecer aí. Passeamos bastante e andávamos bastante à pé. Porém sempre na área urbana.
    Assim com aventura deve ser duplamente mais interessante conhecer a Serra Gaúcha.
    O Pedro Augusto já está na altura de vcs hein? Que bom que ele está acompanhando vcs nessas aventuras. Daqui a pouco ele vai como motorista e Luiz Augusto do lado só fotografando e curtindo. srrsrs Parabéns a vcs e que Deus os acompanhe por essas estradas desse mundo maravilhoso.
    Ana

    ResponderExcluir

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO