______________________________________

.

.

.

sábado, 12 de agosto de 2017

Reserva Ambiental Da Serra do Japi - Jundiaí - São Paulo

Jacu (Penelope purpurascens)
     Muita gente nos pergunta o que fazer quando se tem apenas poucos dias de férias e se quer sair de sua cidade onde mora.
     Sempre respondemos que pesquisar e planejar é o segredo de férias felizes e bem realizadas.
     Dessa vez tínhamos 12 dias abertos a uma nova experiência. Como moramos no sul, mais especificamente em Santa Catarina e já conhecemos razoavelmente o nosso entorno optamos diversas vezes a locais um pouco mais afastados mas que possam ser bem aproveitados em curto espaço de tempo.
     Destino traçado dessa vez: Serra do Cipó no norte do estado de Minas Gerais.

Aguardando a liberação do congestionamento na BR 116-Regis Bitencourt


     Mas o destino não compactua sempre com o planejamento. Tudo bem no deslocamento até chegarmos na BR 116 trecho entre Curitiba e São Paulo mais ou menos na região da Represa do Rio Capivari uns 60 km depois de Curitiba.
     Um imenso congestionamento formado pelo tombamento de um caminhão carregado de chapas de madeira compensada apresentou-se e nada mais restou a fazer do que aguardar a liberação da pista. Dessa forma ficamos batendo um bom papo com os caminhoneiros vizinhos de estrada.
     Pouco mais de 2 horas depois recomeçamos a viagem e agora já sabendo que nosso planejamento de dormir em algum lugar na BR 381 - Rodovia Fernão Dias entre São Paulo e Belo Horizonte já se tornou inalcançável. No planejamento inicial imaginávamos rodar aproximadamente 750 a 800 km mas com o atraso viajar a noite nessas rodovias não é boa ideia.
     Nessas horas é sempre bom contar com amigos, parentes ou indicações onde um pouso e um bom descanso sempre são bem-vindos durante uma viagem. Ligação feita para uma prima na cidade de Jundiaí e tudo resolvido.

     A alteração na programação deu-se quando descobrimos que a nossa querida prima Adriana já havia feito a reserva de uma guia para percorrer as trilhas da Serra do Japi que fica nas áreas dos municípios de Jundiaí, Pirapora do Bom Jesus, Cajamar e Cabreúva, todos a poucas dezenas de quilômetros da capital paulista. É um dos raros remanescentes de Mata Atlântica no interior do estado de São Paulo e por esse motivo tem grande importância na sua conservação.
     A Serra do Japi na verdade não é um parque mas sim uma APA (Área de Proteção Ambiental) tendo sido criada em julho de 1984 pela Lei Estadual n° 4.095. Em 1991 foi transformada em Reserva Biológica do Município de Jundiaí e no ano de 1992 foi declarada como Reserva da Biosfera da mata Atlântica do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo.
     Possui uma área de 354 quilômetros quadrados e ponto culminante com 1.260 m de altitude e na sua área formada por solo rochoso recoberto de fina camada de material orgânico existem dezenas de pequenos afloramentos de olhos d'água caracterizando nascentes. 
     O nome Japi de origem indígena significa local de nascentes ou cachoeiras o que define bem o lugar pois muitos pequenos olhos d'água são encontrados e pequenos riachos com isso são formados dando a toda a serra um ambiente perfeito para a manutenção da natureza. 


Preenchendo o termo de responsabilidade

Instruções da guia antes das trilhas

Finalmente caminhada em família
   
   
   
Pegada de jaguatirica ou gato do mato
      Assim decidimos nessa manhã de sexta-feira, acompanhados da indispensável guia Yolanda fazer uma caminhada por algumas trilhas da Serra do Japi. O sistema idealizado para visitação da Reserva é um pouco burocrático e necessita ser agendado com antecedência e segundo a nossa guia, é necessário informar antecipadamente qual trilha será percorrida não sendo permitido alterar a programação e nem trilhar outro caminho previamente informado à administração da Reserva Municipal. Os guias são terceirizados free lancers e o custo é de R$ 30,00 por pessoa para um mínimo de 8 pessoas ou R$ 240,00. Como somos exatamente em oito pessoas fechamos um grupo familiar composto de primos do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e da Califórnia-USA.
     Antes de iniciar as trilhas é necessário preencher um formulário de responsabilidades apresentado pela administração da reserva ambiental e então pode-se prosseguir.
     O que chamou positivamente a nossa atenção foi a limpeza da área da reserva, pois não encontramos nenhum tipo de lixo durante as mais de 5 horas que percorremos as trilhas escolhidas. As águas dos riachos são limpas e potáveis e pudemos consumi-las sem nenhum problema, isto levando em conta que estamos a pouco mais de 60 km da maior cidade do Brasil, a capital paulista.

Ruínas de uma capelinha abandonada que encontramos na Serra do Japi


Casa do Conserveiro-Local de apoio ao caminhantes e pesquisadores que atuam na região.


Cachoeira Paraíso

      A região é praticamente toda composta de mata secundária pois durante muitos anos inúmeras queimadas aconteceram no local. Dessa forma poucas árvores antigas remanescem, mas assim mesmo a recuperação que a própria natureza proporcionou foi fantástica, e agora podemos observar e admirar inclusive líquens e fungos diversos nos troncos. Isso por si só já demonstra a boa qualidade do ar e a preservação ambiental.
      A nossa aventura em conhecer a Serra do Japi foi apenas uma das inúmeras trilhas existentes no local. Essa reserva ambiental possui muitas outras atrações e são um excelente exemplo de que mesmo pertinho de grandes centros urbanos podemos descobrir belas surpresas!

Nossa turma de trilha.

Sementes da árvore Paineira
      A cidade de Jundiaí-SP ainda oferece diversas opções de lazer entre elas o Parque da Cidade com imensas áreas de lazer e caminhadas. Aluguel de bikes, parquinhos infantis, quiosques e tudo mais para o repouso estão presentes também.





     Resumindo: Para você se divertir e descansar não precisa ir muito longe, basta procurar e aproveitar bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por visitar o ViagemFamilia. Críticas, elogios e quaisquer comentários são desejados, desde que feitos em terminologia ética e adequada.

SE FIZER QUESTIONAMENTOS POR FAVOR DEIXE ALGUMA FORMA DE CONTATO PARA POSSIBILITAR A RESPOSTA, COMO E-MAIL, POR EXEMPLO